Festival Y#11 – Abertas as inscrições para a residência artística “O mundo visto da Lua / O Senhor Walser”

residencia

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA de Criação Cenográfica
O mundo visto da Lua / O Senhor Walser
Direção: José Manuel Castanheira

Estão abertas as inscrições para 20 (vinte) estudantes e/ou profissionais em áreas artísticas muito abrangentes como cenografia, pintura, escultura, vídeo, adereços, iluminação, interpretação, maquetismo, artes digitais, música, sonoplastia, arquitetura, moda.

Os/as interessados/as deverão solicitar ficha de inscrição por email, para qp@quartaparede.pt. As inscrições deverão ser efetuadas até dia 24 de novembro. A residência decorre de 27 a 30 de novembro, na Covilhã, com o seguinte plano de trabalho: 27.nov. > 21h – Apresentação e início dos trabalhos | 28 e 29.nov > 10h às 13h e das 14h30 às 18h30 | 30.nov. > 10h às 13h – síntese dos trabalhos.

Sobre a residência artística de Criação Cenográfica “O mundo visto da Lua / O Senhor Walser”:
1 – O Senhor Walser de Gonçalo M. Tavares será o tema central dos trabalhos. Dele emanam os estímulos para os exercícios multidisciplinares de aproximação a uma eventual representação.

2 – Os múltiplos senhores Walser serão assim primeiras, quase instantâneas, pequenas sequências de imagens/imaginários animadas(os), conformando uma qualquer outra geografia inventada. Nova geografia a que poderíamos mais tarde chamar recriação cenográfica, com ou sem palavras.

3 – Assim a história do Senhor Walser será sobretudo o somatório de todas as histórias reinventadas a partir do original, que agora, de algum modo, deve transpirar inquietação, desconforto, em busca de uma metamorfose (metáfora!).

4 – Para as propostas dos participantes, onde esperamos possam presidir e confluir múltiplas linguagens plásticas, forçamos as ideias a um molde onde coabitam diferentes escalas e modos de expressão (liberdades!).

5 – Sobretudo será o olhar singular de cada um, num somatório instantâneo que iremos fundir para uma visão particular deste micro universo.

6 – O olhar, para ser mais consistente, livre e útil, deve conter substancial distância. O distanciamento será assim a pedra basilar deste ambicioso programa a que agora damos início, O MUNDO VISTO DA LUA.

José Manuel Castanheira

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s